Posted by: APO | 10 September 2015

‘2015 – um ponto de viragem para África e o Investimento Directo Estrangeiro. 8 dos Ministros da Energia e das Finanças africanos reúnem-se em Beijing para delinear actuais oportunidades de investimento’


‘2015 – um ponto de viragem para África e o Investimento Directo Estrangeiro. 8 dos Ministros da Energia e das Finanças africanos reúnem-se em Beijing para delinear actuais oportunidades de investimento’

BEIJING, China, September 10, 2015/African Press Organization (APO)/ 2015 marca um ponto de viragem para o investimento africano. A necessidade de resolver o défice energético do continente, e a premência crítica de abastecer quem vive sem acesso à electricidade, é indiscutível – 13% da população mundial vive sem electricidade, face aos 48% da população global que vive em África.

Logo: http://www.photos.apo-opa.com/plog-content/images/apo/logos/aipf.jpg

Este ano África terá assistido a 19 eleições, e à formação de muitos governos novos. Muitas destas administrações procurarão melhorar as condições de vida através do acesso à electricidade e, posteriormente, oportunidades de emprego acrescidas. Apesar das contrariedades provocadas pela descida do preço do petróleo e das matérias-primas, e o enfraquecimento das moedas em toda a África subsaariana, continuam a ser feitos progressos. A Nigéria assistiu ao investimento mais assinalável nas últimas semanas, com a maior empresa privada de África – a Dangote – a assinar um negócio de $4,34 mil milhões com a chinesa Sinoma, um indicador da ambição da Nigéria em matéria infra-estrutural. No mesmo período, outras das economias com mais rápido crescimento do mundo, o Quénia, destinou $55,6 mil milhões para o desenvolvimento de infra-estruturas. A rede de estradas do Quénia precisa de ser melhorada urgentemente – é essencial para o comércio e o turismo, linhas indispensáveis de investimento externo.

As oportunidades do investidor global que procura África foram mostradas este mês quando um dos maiores fundos de capitais privados do mundo – The Abraaj Group – anunciou que tinha crescido $1,4 mil milhões, indicando a alvorada de fundos privados africanos de milhares de milhões de dólares que procuram maiores retornos do que os oferecidos por mercados alternativos e saturados. Dos 119 negócios de investimento em África, apenas se registou uma situação de incumprimento na última década.

No entanto, de todas as partes interessadas que procuram investir em África este ano, tem havido um país que procura sistematicamente melhorar as infra-estruturas e capacitar o desenvolvimento – a China. Em 2011, o investimento da China em África representava 4,3% da sua actividade global (Ásia representava 60,9%, a América Latina 16% e a Europa 11,1%). Até 2009, 45,7% da ajuda ao estrangeiro acumulada da China, de $256,29 mil milhões, tinha sido disponibilizada para África.

O crescimento das relações comerciais China-África está a revolucionar o desenvolvimento africano, estimulando melhorias fundamentais das infra-estruturas do Continente e a capacidade de desenvolvimento – sublinhada em Junho quando a Tanzânia adjudicou a um consórcio de empresas ferroviárias chinesas projectos avaliados em $9 mil milhões.

A EnergyNet tem o prazer de anunciar o 4.º Fórum Anual de Infra-estruturas e Energia de África (http://www.africa-infrastructure-forum.com), que decorrerá em Beijing, China, nos dias 15 e 16 de Outubro de 2015. Este importante encontro reúne, mais uma vez, parceiros com o Fundo de Desenvolvimento China África, que procurará novos projectos para receber parte dos $5 mil milhões sob a sua gestão.

O Standard Bank, o maior banco africano, juntar-se-á ao encontro este ano como patrocinador do fórum. David Humphrey, Director de Infra-estruturas e Energia do Standard Bank, afirmava recentemente que “a conferência junta algumas das figuras mais sonantes das infra-estruturas, assim como decisores políticos chave de África. O investimento contínuo e crescente em infra-estruturas é fundamental para o desenvolvimento das nações africanas, e o Standard Bank está bem posicionado para desempenhar um papel de liderança na ligação de investidores com oportunidades em todo o continente.  Temos o prazer de patrocinar a conferência pelo segundo ano consecutivo, e esperamos ver os nossos clientes e stakeholders em Beijing.”

No Fórum serão apresentados mais de 11 projectos que constituem grandes oportunidades, incluindo:

•          A ponte Terrestre Leste Oeste – Corredor de LAPSSET

•          Caminhos-de-Ferro de Bitola Padrão do Leste Africano

•          Desenvolvimento da doca seca do Gana

•          Separação dos serviços públicos do estado na Libéria

•          Oportunidades de investimento em Gás para Energia em Moçambique e África do Sul.

Damos a boas-vindas aos seguintes oradores de nível superior:

1.         Sua Excelência Henry Rotich, Secretário de Estado do Tesouro, Quénia

2.         Sua Excelência Matadi Atadi Nenga Gamanda, Ministro da Energia e dos Recursos Aquáticos, RD do Congo

3.         Sua Excelência Christopher Yaluma, Ministro da Energia, Zâmbia

4.         Sua Excelência Henry Macauley, Ministro da Energia, Serra Leoa

5.         Sua Excelência James Musoni, Ministro das Infra-estruturas, Ruanda

6.         Sua Excelência Obeth Kandjoze, Ministro da Energia e Minas, Namíbia

7.         Sua Excelência Aston Kajara, Ministros das Finanças responsável pela Privatização, Uganda

8.         Sra. Maria Kiwanuka, Consultora Sénior do Presidente, Uganda

9.         Silas Zimu, Consultor Presidencial Especial sobre Energia, África do Sul

10.       Presidente Mingqiang Bi, Presidente do Conselho de Administração do ICBC Standard Bank PLC

11.       Senhora Shen Min, Vice-Directora Geral do Departamento de Financiamento Especial do ICBC Bank

Distribuído pela APO (African Press Organization) em nome da Africa Infrastructure and Power Forum.

Para mais informações sobre como participar neste encontro, deverá contacta:

Datas do encontro 15 e 16 de Outubro de 2015

Local: Hotel Ritz Carlton, Beijing

Contacto: Amy Offord, Gestor de Marketing

Tel.: +44 (0)20 7384 8068

E: amy.offord@energynet.co.uk

Visite: www.africa-infrastructure-forum.com

SOURCE

Africa Infrastructure and Power Forum


Categories

%d bloggers like this: