Posted by: APO | 26 August 2014

Prémio Anzisha para jovens empreendedores, no valor de 75 mil dólares, divulga os finalistas de 2014


 

Prémio Anzisha para jovens empreendedores, no valor de 75 mil dólares, divulga os finalistas de 2014

 

O Prémio Anzisha é uma parceria entre a African Leadership Academy e a The MasterCard Foundation

 

JOHANNESBURG, South-Africa, August 26, 2014/African Press Organization (APO)/ A African Leadership Academy e a The MasterCard Foundation estão muito felizes por terem, pela primeira vez, finalistas do Prémio Anzisha originários do Togo e Costa do Marfim (http://www.anzishaprize.org), o que revela um forte crescimento do empreendedorismo jovem na África Ocidental. Cinco jovens mulheres estão entre os 12 finalistas que poderão conquistar o prémio no valor de 75 mil dólares que irá ser atribuído no dia 23 de Setembro de 2014 e que viajarão para Joanesburgo vindos da República Democrática do Congo, Quénia, Gana, África do Sul e Nigéria.

Logo: http://www.photos.apo-opa.com/plog-content/images/apo/logos/anzisha.jpg

 

Photos: https://www.dropbox.com/sh/hoaswlejkdcy4zi/AABJBh2_HBFrL56von3XGGK3a

 

O prémio Anzisha “vasculha” todo o continente africano em busca de jovens empreendedores com idades compreendidas entre os 15 e os 22 anos, que tenham identificado oportunidades para melhorar as suas comunidades e que o tenham feito de forma inclusiva. Os finalistas deste ano iniciaram os seus empreendimentos num vasto leque de sectores económicos, incluindo energia, cuidados de saúde, turismo e hotelaria e restauração.

 

Sam Kodo (Togo), 22 anos, começou a criar robôs aos 8 anos de idade e gere actualmente uma empresa de hardware de TI que monta computadores de baixo custo e os vende a estudantes. Tem 6 funcionários e tenciona expandir a sua actividade para o restante território do Togo e países vizinhos. Gabriel Kombassere (Costa do Marfim), 17 anos, gere uma associação agrícola cujo objectivo é erradicar a pobreza na sua comunidade. Anualmente, Gabriel produz milho e mandioca para alimentar os 30 membros da associação e as suas respectivas famílias.

 

 “2014 tem sido um ano emocionante para a equipa de pesquisa do Prémio Anzisha. Criámos parcerias com importantes organizações locais, permitindo-lhes desempenhar um papel fundamental na divulgação do Prémio Anzisha nos seus países. Tal deu origem não só a um conjunto mais sólido de candidaturas, como também a mais candidatas femininas do que nunca”, afirmou Chi Achebe, Directora de Programas, Prémio Anzisha. 

 

“Estamos muito entusiasmados por ver um grupo tão talentoso de jovens inovadores e empreendedores juntar-se à comunidade de participantes do prémio Anzisha”, afirmou Deepali Khanna, Director de Youth Learning na The MasterCard Foundation. “Este prémio pan-africano tem registado um enorme sucesso nos últimos quatro anos e está a inspirar jovens empreendedores por toda a África a criar os seus próprios negócios ou empreendimentos de inovação social.”

 

Encontrando-se no seu quarto ano de existência, o Prémio Anzisha recebeu 339 candidaturas este ano, provenientes de 32 países, para este que é o maior prémio para jovens empreendedores de África.

 

Os finalistas de 2014 são:

 

  • Benedicte Mundele, 20 anos, República Democrática do Congo. Fundadora da Surprise Tropical, uma cantina com produtos orgânicos locais para promover um estilo de vida saudável na sua comunidade.
  • Gabriel Kombassere, 17 anos, Costa do Marfim. Fundador da Rible Neda, uma associação agrícola que produz 20 sacos de milho e 1 carregamento de mandioca por ano para alimentar os membros da associação e as suas famílias.
  • Noah Walakira, 21 anos, Uganda. Fundador da Namirembe Sweater Makers, uma organização com base na comunidade que fornece camisolas de uniformes escolares a mais de 40 escolas em todo o país.
  • Nteff Alain, 22 anos, Camarões. Fundador do projecto Gifted Mom, uma plataforma de conteúdos electrónicos para mulheres grávidas para combater a elevada taxa de mortalidade materno-infantil.
  • Winifred Selby, 19 anos, Gana. Fundadora da Ghana Bamboo Bikes Initiative, uma tecnologia de produção de bicicletas em bambu que visa produzir bicicletas multiusos acessíveis e indicadas para o terreno ganês.
  • Tom Osborn, 18 anos, Quénia. Fundador da Greenchar, um projecto de energia limpa que produz briquetes de carvão e fogões a carvão sem fumo por todo o território queniano.
  • Martha Chumo, 19 anos, Quénia. Fundadora da Nairobi Developer School, uma instituição que proporciona conhecimentos e competências de programação a jovens para a criação de soluções sustentáveis através da utilização da tecnologia.
  • Chineye Okoro Onu, 19 anos, Gana. Fundadora do projecto Mosaicpiration, uma iniciativa que utiliza material reciclado para criar arte e influenciar as competências de empreendedorismo nos jovens através de formação e programas de orientação.
  • Chukwuwezam Obanor, 22 anos, Nigéria. Fundador da Prepclass, uma plataforma online que fornece conteúdo para estudo (testes antigos, respostas, etc.) para escolas nigerianas locais como preparação para os exames nacionais. 
  • Thato Kgatlhanye, 21 anos, África do Sul. Fundadora da Repurpose Schoolbags, uma iniciativa que cria mochilas escolares feitas a partir de sacos de compras de plástico reciclados que integram tecnologia solar e que se carregam durante o dia, transformando-se em luz para os estudantes poderem estudar durante a noite.
  • Jeffrey Mulaudzi, 22 anos, África do Sul. Fundador da Mulaudzi Bicycle Tours, uma empresa de excursões no subúrbio de Alexandra que envolve os membros da comunidade ao contar as suas histórias e fá-los participar no negócio, criando assim uma transformação a nível socioeconómico.
  • Sam Kodo, 22 anos, Togo. Fundador da LC-COM (Low cost-Computer)/Infinite Loop, uma empresa que fabrica computadores pessoais de baixo custo para estudantes.

 

O Prémio Anzisha é uma parceria entre a African Leadership Academy e a The MasterCard Foundation. Os nossos 12 finalistas irão viajar até Joanesburgo, África do Sul, para participarem na Semana Anzisha 2014 que irá decorrer de 18 a 25 de Setembro, onde um júri de vários sectores da esfera do empreendedorismo se irá reunir para seleccionar os vencedores do grande prémio. Os finalistas irão receber formação na célebre faculdade de Liderança Empresarial da African Leadership Academy e contactar com líderes da indústria, mentores e também com agentes de mudança de todo o continente africano.

 

A equipa do Prémio Anzisha está a realizar uma campanha nas redes sociais na qual os elementos do público podem apoiar os jovens empresários e partilhar palavras de apoio e encorajamento para o seu percurso Anzisha. Para mais informações sobre o Prémio Anzisha e a campanha nas redes sociais, visite:

 

Website: http://www.anzishaprize.org

Facebook: http://www.facebook.com/anzishaprize

Twitter: @anzishaprize

 

Distribuído pela APO (African Press Organization) em nome da Anzisha Prize.

 

 

Contacto para os meios de comunicação social:

Lydia Byarugaba – lbyarugaba@africanleadershipacademy.org ou +27 84 375 1222

Caso escreva um artigo recorrendo ao presente comunicado de imprensa, o Prémio Anzisha gostaria de incluir uma hiperligação para o artigo no seu website. Envie os artigos para o e-mail lbyarugaba@africanleadershipacademy.org    

 

NOTAS PARA OS EDITORES

 

Sobre o Prémio Anzisha

O Prémio Anzisha é gerido pelo Centre for Entrepreneurial Leadership da African Leadership Academy, que foi criado através de uma parceria de vários anos com a The MasterCard Foundation. Através do Prémio Anzisha, os organizadores pretendem catalisar a inovação e o empreendedorismo entre os jovens de todo o continente.

 

Sobre a African Leadership Academy

A African Leadership Academy (ALA) procura transformar África através do desenvolvimento de uma forte rede de líderes empreendedores que irão trabalhar em conjunto para conquistar um extraordinário impacto social. Anualmente, a ALA reúne os mais promissores jovens líderes de todas as 54 nações africanas para um programa pré-universitário na África do Sul, centrado em liderança, empreendedorismo e estudos africanos. A ALA continua a cultivar estes líderes durante a sua vida, na universidade e no futuro, ao fornecer liderança e formação empresarial contínuas e introduzindo-os em redes de alto impacto, de contactos e capital, que podem dar origem a uma mudança em grande escala. Para mais informações, visite http://africanleadershipacademy.org.

 

Sobre a The MasterCard Foundation

A The MasterCard Foundation é uma organização global e independente sediada em Toronto, Canadá, com mais de 9 mil milhões de dólares em activos. Através de uma colaboração com organizações associadas em 49 países, esta fundação está a criar oportunidades para que todas as pessoas possam aprender e prosperar. Os programas da Fundação promovem a inclusão financeira e a aprendizagem avançada junto dos jovens, maioritariamente em África. Criada em 2006 através da generosidade da MasterCard Worldwide quando esta se tornou numa empresa pública, a Fundação é uma entidade distinta e independente. As políticas, operações e decisões de financiamento da Fundação são determinadas pelo seu próprio Conselho de Administração, Presidente e CEO.  Para mais informações sobre a Fundação, visite www.mastercardfdn.org.

 

SOURCE 

Anzisha Prize


Categories

%d bloggers like this: