Posted by: africanpressorganization | 31 March 2014

União Europeia apoia a transformação dos produtos locais nas tabancas da região de Oio


 

União Europeia apoia a transformação dos produtos locais nas tabancas da região de Oio

 

BISSAU, Guinea Bissau, March 31, 2014/African Press Organization (APO)/ No âmbito do projecto “Melhoria da Segurança Alimentar, Promoção Económica das Fileiras Agrícolas e Florestais”, financiado pela União Europeia, pela Agência Francesa de Desenvolvimento e pelo Comité Francês para a Solidariedade Internacional, a Federação Camponesa KAFO vai realizar, no dia 29-03-14 às 10 horas em Djalicunda, o lançamento oficial da linha de produtos agrícolas e florestais transformados da marca “Sabores da Tabanca”.

A transformação dos produtos em exposição foi realizada por 30 pequenas unidades de transformação agro-alimentar construídas nas tabancas da Região de Oio e geridas pelas mulheres camponesas organizadas em grupos de transformação, sob a supervisão da unidade piloto de experimentação e de controlo de qualidade, estabelecida no Centro de Formação Camponesa de Djalicunda.

A transformação agro-alimentar não só permite reduzir as perdas dos produtos agrícolas e florestais após colheita através da implementação de técnicas de conservação, melhorando assim a segurança alimentar, como também favorece a criação de empregos.

O projeto “Melhoria da Segurança Alimentar, Promoção Económica das Fileiras Agrícolas e Florestais”, tem uma duração de três anos (36 meses), conta com um financiamento de mais de 415 milhões de francos CFA, co-financiado a 89% pela UE e a 11% pelos parceiros de implementação. A coordenação foi confiada à KAFO e ao seu parceiro ESSOR.

Em relação as áreas de intervenção prioritárias, destaca-se os seguintes resultados esperados:

· 600 camponeses em 30 tabancas da Região de Oio diversificam e melhoram de forma sustentável a produção agrícola e a segurança alimentar;

· Criação de cerca de 180 empregos de mulheres e jovens;

· Funcionamento efectivo dum Centro de experimentação e demonstração em técnicas inovadoras de transformação dos produtos agrícolas, e de controlo de qualidade dos produtos;

· Mecanização do transporte das produções agrícolas e estabelecimento de novos circuitos comerciais para escoamento dos produtos agrícolas brutos ou transformados;

· Promoção e capitalização das experiências nacionais na transformação e na comercialização de produtos agrícolas.

Os beneficiários finais do projecto, a meio prazo, são cerca de 7.500 pessoas em 30 Tabancas, e a longo prazo, cerca de 11.000 pessoas membros da KAFO na região de Oio.

 

SOURCE 

European Commission


Categories

%d bloggers like this: