Posted by: APO | 9 May 2013

Vencedor do Prémio Inovação para África utiliza moscas e desperdícios para fazer alimentos


Vencedor do Prémio Inovação para África utiliza moscas e desperdícios para fazer alimentos

Prémio identifica descobertas que exemplificam o potencial de inovação e investimento de África

CAPE-TOWN, South-Africa, May 9, 2013/African Press Organization (APO)/ Com a previsão de crescimento da população global a chegar aos 9 mil milhões até 2050 e com mais de 900 milhões de pessoas a viver com fome, a procura por alimentos nutritivos está a crescer rapidamente. Em reconhecimento desta necessidade e do impacto da fome em África, o Innovation Prize for Africa (IPA) (http://www.innovationprizeforafrica.org) nomeou a equipa da AgriProtein como o seu vencedor de 2013. A equipa de investigadores e empresários receberá 100 mil dólares norte-americanos pela sua abordagem inovadora à reciclagem de nutrientes – um método que utiliza os resíduos e larvas de moscas para produzir alimentação natural para os animais.

Logo: http://www.photos.apo-opa.com/plog-content/images/apo/logos/ipa.jpg

Selecionada por entre mais de 900 candidaturas oriundas de 45 países, a equipa da AgriProtein foi reconhecida na cerimónia e jantar de gala dos Prémios Innovation Prize for Africa de 2013 na Cidade do Cabo, África do Sul. A solução da AgriProtein recolhe resíduos biodegradáveis, alimenta-os às moscas que, por sua vez, produzem larvas ricas em proteínas para produzirem um tipo de alimentação animal mais ecológico e de ocorrência natural. Esta abordagem melhora o valor nutricional da carne e reduz os custos associados à alimentação dos animais para a indústria transformadora e agricultores africanos.

A Gala IPA 2013 também reconheceu dois finalistas pelas suas contribuições para a inovação africana. Na categoria de potencial de negócios, Hassine Labaied e Anis Aouini da Saphon Energy receberam um prémio no valor de 25 mil dólares norte-americanos pela criação de um conversor eólico sem pás. Na categoria de impacto social, Sanoussi Diakite recebeu um prémio de 25 mil dólares norte-americanos pelo desenvolvimento de uma máquina de alimentação térmica que descasca 5 quilos de fonia – um cereal da África Ocidental – em apenas 8 minutos.

“Os vencedores do Innovation Prize for Africa mostram soluções africanas para desafios africanos”, afirmou Jean-Claude Bastos de Morais, cofundador da African Innovation Foundation e do IPA. “Está na hora dos líderes do setor privado, doadores e governos trabalharem juntos para investirem em soluções práticas que sustentem o crescimento económico de África.”

Os vencedores foram selecionados por um painel de jurados especializados com base na capacidade de comercialização, originalidade, escalabilidade, impacto social e potencial de negócio das respetivas inovações. Receberam fundos sem restrições em reconhecimento dos seus feitos e podem utilizar o prémio da forma que considerarem mais adequada.

“Sentimo-nos honrados por este reconhecimento notável”, afirmou Jason Drew, membro da equipa AgriProtein. “Estamos empolgados em expandir o negócio para reciclarmos mais nutrientes dos resíduos e fornecer uma proteína natural para a alimentação do gado – ajudando a alimentar sustentavelmente o nosso continente – esta é uma contribuição africana para a agricultura sustentável do nosso planeta.”

Fundado pela African Innovation Foundation e pela Comissão Económica das Nações Unidas para África, o IPA concentra-se na construção da capacidade africana investindo no empreendedorismo local. O prémio mobiliza líderes de todos os setores – setor privado, doadores e governo – para promover e investir no desenvolvimento africano através da inovação.

“A inovação da equipa AgriProtein é apenas um exemplo das ideias inovadoras africanas que continuarão a basear-se nos nossos recursos naturais de uma forma rentável e sustentável”, afirmou o Dr. Francois Bonnici, Diretor do Bertha Centre for Social Innovation da Graduate School of Business da Universidade da Cidade do Cabo. “O IPA investe no recurso mais precioso de África – o seu capital humano.”

A receção de candidaturas para o IPA 2014 será anunciada em julho de 2013. Para obter informação detalhada sobre as categorias a concurso, condições de participação e mais informações pormenorizadas, visite: InnovationPrizeForAfrica.org (http://www.innovationprizeforafrica.org). Para conhecer os destaques e obter mais informação, siga o IPA no Twitter (https://twitter.com/#!/IPAprize) e no Facebook (https://www.facebook.com/InnovationPrizeforAfrica).

Distributed by the African Press Organization on behalf of the Innovation Prize for Africa (IPA).

Contactos

Deanna Petersen, Weber Shandwick

Telefone: + 27 79 702 8033

E-mail dpetersen@webershandwick.com

Pauline Mujawamariya, AIF

Telefone: + 41 44.515 5466

E-mail ipainfo@africaninnovation.org

Acerca do IPA

O Innovation Prize for Africa (IPA) (http://www.innovationprizeforafrica.org) é um prémio fundado pela African Innovation Foundation e pela Comissão Económica das Nações Unidas para África. Mobiliza inovadores e empresários africanos fornecendo um total de 150 mil dólares norte-americanos aos vencedores que apresentem soluções orientadas para o mercado para o desenvolvimento africano. O IPA homenageia e encoraja feitos inovadores que contribuam para o desenvolvimento de novos produtos, aumentem a eficácia ou poupem custos em África. O prémio também encoraja os investidores privados, governos e líderes de desenvolvimento a investir em vários setores e a criar um clima que potencie o crescimento económico de África. Para mais informação, visite http://www.innovationprizeforafrica.org.

SOURCE

Innovation Prize for Africa (IPA)


Categories

%d bloggers like this: